Opinião
Gracon
10/6/24 15:53

Questões sociais contemporâneas e a gravura no campo da arte

Este ensaio pretende discorrer sobre a gravura, em especial na América Latina e suas implicações como meio de atuação política. Para tal, considerará a gravura tanto a partir das chamadas técnicas tradicionais, como xilogravura, gravura em metal ou litografia, quanto as técnicas mais recentes ou derivadas destas como a serigrafia, o estêncil ou o carimbo. As imagens geradas por meio dessas técnicas serão pensadas baseadas em percepções da intermedialidade, bem como noções como a apropriação (ou reapropriação) dos meios de criação, produção e distribuição de imagens em maior escala.

Estes aspectos serão discutidos em relação ao contexto econômico e ideológico capitalista e as implicações dessas linhas de ação como ativações alternativas. Espera-se, assim, refletir sobre o lugar atual da gravura em relação ao seu entorno na América Latina como meio de expressão, possibilidade de pesquisa em arte e instrumento a serviço de pautas, posicionamentos e ações políticas e sociais.

Maku de Almeida
9/6/24 13:45

Relacionamentos trazem luz, sombras, e vínculos significativos

Vínculos e violência

Todos os dias, com maior ou menor abrangência, um aprendizado. Às vezes, uma ampliação de consciência através do estudo. Outras vezes, a observação das pessoas e suas interações oferece informações muito ricas. De vez em quando, uma nuvem sombria possibilita incremento do meu repertório de respostas. E, em quase todas as vezes, aprendo nos diálogos nos quais me envolvo. Eles me trazem luz. A caminhada é rica.

Tenho plena consciência de que esse aprendizado, longe de ser romântico, é originado em uma decisão de consciência. De estar presente, de acionar escolhas diferenciadas em momentos distintos.

Jane Hir
7/6/24 12:02

Encontro inesperado: sandália verde desperta fé e afeto

No meio do caminho tinha uma sandália verde... Tinha uma sandália verde no meio do caminho. A cor viva e fluorescente chegou primeiro à minha retina, seguida pela dona da sandália, tão exuberante quanto sua cor.

Eu a admirei imediatamente. Só alguém com vida em abundância escolheria uma sandália daquela cor, pensei comigo.