Corrida para a Prefeitura de Curitiba

Opinião

Hot yoga é uma experiência sensorial que aquece corpos e mentes na cidade fria

O hot yoga é uma experiência sensorial que envolve desde o aroma, a sensação do calor, até uma máscara gelada no fim da prática.O hot yoga é uma experiência sensorial que envolve desde o aroma, a sensação do calor, até uma máscara gelada no fim da prática.
Jamie Ginsberg
/
Unsplash
Adonai Armstrong Filho
17/10/2023 8:53

Há muitos anos eu conheci o Yoga. Estava buscando uma prática que unisse atividade física, alongamento, e trabalho respiratório, com objetivo de equilibrar as outras atividades que eu praticava. Na época eu era acadêmico de educação física, e descobri algo que não imaginava. Uma atividade muito completa, tanto na parte física como na parte mental. 

Por conta da minha rotina eu tive que parar, e de forma inesperada, em 2018, surgiu uma oportunidade de me especializar na atividade, seguindo a linha do Hata yoga. Acabei me formando, mas não consegui manter a prática.  Comecei a ouvir relatos de pessoas sobre o Hot yoga, e em uma atitude de preconceito, pensei: nada haver! Sem nem sequer ter passado perto de uma sala.

Foi então que recebi um convite para trabalhar em um estúdio chamado Tonus Gym (que é um laboratório de musculação), e junto com essa atividade também tem hot yoga, a Vidya Body & Mind. Fui fazer minha primeira aula, com a professora Maiara Fernanda Vasques, e para minha surpresa, tive uma experiência única. A partir disso, fiz o convite para que ela pudesse trazer para os leitores, um pouco mais de como funciona essa metodologia.

“Me chamo Maiara e sou professora de Hot yoga em um dos maiores estúdios dessa prática no Brasil. Em uma cidade considerada a capital mais fria do país, encontrar maneiras de se aquecer e manter a imunidade elevada é uma busca constante, ainda mais quando há a possibilidade de unir a prática de atividade física ao calor. 

O Vidya Body & Mind traz uma proposta completamente diferenciada, já que não é apenas uma aula de Yoga, mas uma experiência sensorial que envolve desde o aroma, a sensação do calor de 40 graus, a luz mais baixa para estimular o relaxamento, até uma máscara gelada no fim da prática. Mas qual a finalidade da sala quente? Quais são seus benefícios? Por que escolher essa prática? 

Sou instrutora de Yoga há alguns anos, formada pela Yoga Alliance International em diversas modalidades e posso garantir que o Hot yoga tem seus destaques. Tudo começou com a comprovação dos benefícios contemporâneos de uma sauna juntamente com os benefícios da prática do Yoga. Juntos, são uma possibilidade de acessar um estado consciente de calma, tranquilidade e flexibilidade de forma mais intensa. 

O Hot yoga tem os mesmos benefícios do Yoga tradicional. Porém, com a possibilidade da sala quente, alguns dos benefícios são acentuados, entre eles:

  • Redução do nível de glicose, por conta da atividade, somada a temperatura.
  • Nutre a pele, pelo alto nível de transpiração quente é que ela pode melhorar a circulação.
  • Alto gasto calórico.
  • Maior resistência física e cardiovascular.
  • Acelera sua respiração e metabolismo, além também dos níveis de colágeno.
  • Relaxa a musculatura, e é uma ótima opção para facilitar os movimentos de mais flexibilidade, além da lubrificação das vértebras, ajudando pessoas com doenças como artrite e artrose.
  • Alta liberação de endorfina que propicia maior bem-estar aos praticantes.

Com todas essas informações, tenho certeza que você vai querer vivenciar essa experiência cheia de benefícios para seu corpo, mente e emoções. Aguardamos sua visita.”

Última atualização
18/10/2023 9:23
Adonai Armstrong Filho
Professor de Educação Física. Mentor de projetos de vida por meio da atividade física.

'Memórias de chá', novo livro do CIS, ganha vida com homenagens e relatos

'Memórias de chá', novo livro do CIS, ganha vida com homenagens e relatos

Jane Hir
20/4/2024 9:27

Já faz algum tempo (acredito que esse seja um presente do envelhecimento) que venho aprendendo a saborear os momentos vividos. É como se relesse com atenção uma parte da história que ainda estou construindo.

Há duas semanas, escrevi sobre a apresentação do livro Memórias de chá, escrito pelas educandas do Centro de Integração Social (CIS). Nesse evento, uma cena se destaca entre as minhas lembranças: a diretora da unidade presta uma linda homenagem ao seu pai para representar, naquele momento, o leitor.

Pateta no trânsito: reflexões sobre raiva e autocontrole

Controlar o 'Pateta interno' pode transformar sua condução

Carolina Schmitz da Silva
20/4/2024 9:08

Na minha infância, lembro-me de assistir ao filme do Pateta no trânsito, uma animação da Disney na qual ele se transforma em uma pessoa raivosa ao dirigir. Aquela mudança de humor ao entrar em um carro me impressionava profundamente.

Agora, como adulta, vejo-me controlando meu Pateta interno e, em alguns momentos, percebo sua força crescer enquanto dirijo. Tendo consciência de quando ele domina, reconheço quão inadequado ele é.

Cidade Capital é um projeto de jornalismo.

47.078.846/0001-08

secretaria@cidade.capital