Corrida para a Prefeitura de Curitiba

Brasil

Governo de São Paulo irá adotar inteligência artificial em aulas digitais

Tarcísio de Freitas pretende utilizar IA para desenvolver aulas digitais destinadas aos alunos da rede pública.Tarcísio de Freitas pretende utilizar IA para desenvolver aulas digitais destinadas aos alunos da rede pública.
Rawpick
/
Freepick

O governo de São Paulo pretende utilizar inteligência artificial para desenvolver aulas digitais destinadas aos alunos da rede pública. Tarcísio de Freitas defende que a ferramenta será um "facilitador" na criação de conteúdos e nega que substituirá os professores. 

"Acho que as ferramentas estão aí e a gente tem que usar a tecnologia para facilitar a nossa missão. A gente não pode deixar de usar a tecnologia por preconceito, por qualquer razão. Obviamente, tem que usar a tecnologia com parcimônia, tem que usar com todas as reservas que são necessárias", afirma o governador.

Segundo ele, os conteúdos a serem elaborados pela inteligência artificial terão de passar pelo aval dos professores antes de serem entregues aos estudantes.

"Você pode usar uma ferramenta que pode facilitar o esforço inicial, mas isso vai passar pela revisão, vai passar pelo olhar, vai passar pela inteligência dos nossos professores. Nós temos excelentes conteudistas, nós temos excelentes profissionais. Eu acredito muito na melhoria da qualidade do ensino", acrescenta.

No ano passado, o governo paulista enfrentou problemas com os materiais digitais escolares. Na ocasião, foram encontrados graves erros nos slides, como equívocos históricos e informações incorretas sobre saúde. A Justiça de São Paulo chegou a suspender a distribuição dos conteúdos.

Professora Bebel (PT), presidenta do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) e deputada estadual, diz que "as tecnologias de informação e comunicação (TICs) são ferramentas auxiliares no processo educativo e jamais podem substituir o trabalho do professor". 

A parlamentar declara que protocolou uma representação no Ministério Público Estadual contra a iniciativa.

O uso da inteligência artificial será um dos temas discutidos na próxima assembleia dos professores estaduais, agendada para 26 de abril.

Última atualização
18/4/2024 9:57

Wine Cott: um encontro de alma, vinho e poesia

Wine Cott: um encontro de alma, vinho e poesia

Jane Hir
25/5/2024 14:58

Primeiro, o convite carinhoso. À espera de uma brecha na agenda lotada, o desejo de conhecer um outro grupo crescia. De repente, o compromisso que impedia a minha ida foi desfeito. Ah! Posso ir! Ainda me quer? E em troca recebi um canto de alvorecer:

– Clarooooo!

Feridas emocionais podem afetar saúde mental e bem-estar

Feridas emocionais podem afetar saúde mental e bem-estar

Carolina Schmitz da Silva
25/5/2024 12:17

Uma noite aparentemente tranquila, com potencial de aproveitamento total para o descanso e reposição de energia, de repente é interrompida por um pesadelo. Um pesadelo envolvendo pessoas, sentimentos, situações de anos atrás, deveria ficar lá, quando ocorreu, volta com tanta força, que o sono vai embora.

Ter falado nas pessoas, dias antes, possivelmente ativou áreas do meu cérebro, que fez com que essas memórias invadissem um momento tão precioso, meu sono sagrado. Quem me conhece, sabe que amo dormir e ter uma boa noite de sono é imprescindível para o meu dia fluir. 

Brasil

Governo de São Paulo irá adotar inteligência artificial em aulas digitais

Tarcísio de Freitas pretende utilizar IA para desenvolver aulas digitais destinadas aos alunos da rede pública.Tarcísio de Freitas pretende utilizar IA para desenvolver aulas digitais destinadas aos alunos da rede pública.
Rawpick
/
Freepick

Governo de São Paulo irá adotar inteligência artificial em aulas digitais

O governo de São Paulo pretende utilizar inteligência artificial para desenvolver aulas digitais destinadas aos alunos da rede pública. Tarcísio de Freitas defende que a ferramenta será um "facilitador" na criação de conteúdos e nega que substituirá os professores. 

"Acho que as ferramentas estão aí e a gente tem que usar a tecnologia para facilitar a nossa missão. A gente não pode deixar de usar a tecnologia por preconceito, por qualquer razão. Obviamente, tem que usar a tecnologia com parcimônia, tem que usar com todas as reservas que são necessárias", afirma o governador.

Segundo ele, os conteúdos a serem elaborados pela inteligência artificial terão de passar pelo aval dos professores antes de serem entregues aos estudantes.

"Você pode usar uma ferramenta que pode facilitar o esforço inicial, mas isso vai passar pela revisão, vai passar pelo olhar, vai passar pela inteligência dos nossos professores. Nós temos excelentes conteudistas, nós temos excelentes profissionais. Eu acredito muito na melhoria da qualidade do ensino", acrescenta.

No ano passado, o governo paulista enfrentou problemas com os materiais digitais escolares. Na ocasião, foram encontrados graves erros nos slides, como equívocos históricos e informações incorretas sobre saúde. A Justiça de São Paulo chegou a suspender a distribuição dos conteúdos.

Professora Bebel (PT), presidenta do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) e deputada estadual, diz que "as tecnologias de informação e comunicação (TICs) são ferramentas auxiliares no processo educativo e jamais podem substituir o trabalho do professor". 

A parlamentar declara que protocolou uma representação no Ministério Público Estadual contra a iniciativa.

O uso da inteligência artificial será um dos temas discutidos na próxima assembleia dos professores estaduais, agendada para 26 de abril.

Redação Cidade Capital
Última atualização
18/4/2024 9:57

Wine Cott: um encontro de alma, vinho e poesia

Jane Hir
25/5/2024 14:58

Primeiro, o convite carinhoso. À espera de uma brecha na agenda lotada, o desejo de conhecer um outro grupo crescia. De repente, o compromisso que impedia a minha ida foi desfeito. Ah! Posso ir! Ainda me quer? E em troca recebi um canto de alvorecer:

– Clarooooo!

Feridas emocionais podem afetar saúde mental e bem-estar

Carolina Schmitz da Silva
25/5/2024 12:17

Uma noite aparentemente tranquila, com potencial de aproveitamento total para o descanso e reposição de energia, de repente é interrompida por um pesadelo. Um pesadelo envolvendo pessoas, sentimentos, situações de anos atrás, deveria ficar lá, quando ocorreu, volta com tanta força, que o sono vai embora.

Ter falado nas pessoas, dias antes, possivelmente ativou áreas do meu cérebro, que fez com que essas memórias invadissem um momento tão precioso, meu sono sagrado. Quem me conhece, sabe que amo dormir e ter uma boa noite de sono é imprescindível para o meu dia fluir. 

Cidade Capital é um projeto de jornalismo.

47.078.846/0001-08

secretaria@cidade.capital