Hoje

Corrida para a Prefeitura de Curitiba

Brasil

Ex-presidente Jair Bolsonaro buscou apoio das Forças Armadas para golpe de Estado

Polícia Federal revela que o ex-presidente Jair Bolsonaro e seus assessores pretendiam executar um golpe de Estado no país.Polícia Federal revela que o ex-presidente Jair Bolsonaro e seus assessores pretendiam executar um golpe de Estado no país.
Valter Campanato
/
Agência Brasil

A investigação da Polícia Federal (PF) revela que o ex-presidente Jair Bolsonaro sugeriu modificações em uma minuta de decreto para executar um golpe de Estado no Brasil. Essa informação foi obtida através de uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que autorizou ações de busca e apreensão, além de prisões dos envolvidos no caso.

Segundo a PF, o documento proposto por Filipe Martins, ex-assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, e pelo advogado Amauri Saad, previa a prisão dos ministros do STF Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes, além do presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Contudo, o ex-presidente solicitou algumas alterações e manteve apenas a prisão de Moraes e a convocação de novas eleições. Bolsonaro, então, organizou uma reunião com os comandantes das Forças Armadas, no Palácio da Alvorada, “para apresentar a minuta e pressioná-los a aderirem ao golpe de estado”.

A operação também identificou o monitoramento de deslocamentos de Moraes entre Brasília e São Paulo nos dias 15, 21, 24 e 31 de dezembro de 2022, a partir de mensagens trocadas entre Mauro Cid, ajudante de ordens de Bolsonaro, e o coronel do Exército, Marcelo Camara, que atuou como assessor especial da Presidência da República. Nas mensagens, Mauro Cid se referia ao ministro do Supremo pelo termo “professora”.

Para a polícia, isso “demonstra que o grupo criminoso tinha intenções reais de consumar a subversão do regime democrático, procedendo a eventual captura e detenção do Chefe do Poder Judiciário Eleitoral”.

Última atualização
12/2/2024 16:48

PIB do Brasil registra crescimento de 2,9% em 2023 e atinge R$ 10,9 trilhões

PIB do Brasil registra crescimento de 2,9% em 2023 e atinge R$ 10,9 trilhões

Redação Cidade Capital
1/3/2024 11:52

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil registrou um crescimento de 2,9% em 2023, totalizando R$ 10,9 trilhões, de acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira (1°) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse aumento sucede uma expansão de 3% observada em 2022.

O avanço do PIB no último ano foi liderado por um aumento recorde de 15,1% no setor agropecuário, marcando o maior crescimento desde o início da série histórica da pesquisa, em 1995. Os setores da indústria e de serviços também apresentaram crescimentos, com taxas de 1,6% e 2,4%, respectivamente.

Existir através da arte: gravuras ativistas exploram temática LGBTQIAP+

Existir através da arte: gravuras ativistas exploram temática LGBTQIAP+

Gracon
1/3/2024 10:22

Este texto abordará gravuras que tenho realizado desde 2020 na técnica de xilogravura com temática LGBTQIAP+, em repúdio ao elevado índice de mortes desta população em nosso país, que é o maior do mundo.

De acordo com o Grupo Gay da Bahia (GGB) e a Aliança Nacional LGBTI+, por exemplo, no ano de 2021, ocorreu uma morte a cada 29 horas.

Cidade Capital é um projeto de jornalismo.

47.078.846/0001-08

secretaria@cidade.capital