Corrida para a Prefeitura de Curitiba

Brasil

Brasileira Rayssa Leal vence etapa Xangai do Pré-Olímpico de Skate

Neste domingo (19), Rayssa Leal venceu a disputa de Xangai (China) do Pré-Olímpico de Skate, com 274,89 pontos.Neste domingo (19), Rayssa Leal venceu a disputa de Xangai (China) do Pré-Olímpico de Skate, com 274,89 pontos.
Julio Detefon
/

Neste domingo (19), Rayssa Leal venceu a disputa de Xangai (China) do Pré-Olímpico de Skate, com 274,89 pontos. A segunda colocada foi a japonesa Liz Akama. A terceira posição também ficou com uma atleta do Japão, Coco Yoshizawa.

“Estou muito feliz. Conquistei o primeiro lugar. Queria agradecer a todo mundo pela torcida. Muito obrigado a todo mundo que mandou energia positiva! Valeu para quem ficou de madrugada assistindo. E é isso. Só tenho a agradecer”, comemorou a maranhense de 16 anos.

Rayssa lidera o ranking de classificação. A próxima edição do Pré-Olímpico de Skate será disputada em junho, na Hungria.

Última atualização
21/5/2024 11:09

Gravidez entre vítimas de estupro pode aumentar com PL do aborto

Gravidez entre vítimas de estupro pode aumentar com PL do aborto

Redação Cidade Capital
14/6/2024 10:10

Entre 1º de janeiro e 13 de maio de 2024, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque 100). A média foi de cerca de 60 casos por dia ou dois registros por hora, segundo a Agência Brasil.

Esses números podem piorar com a aprovação do Projeto de Lei 1.904/2024 e também aumentar os casos de gravidez indesejável entre crianças e adolescentes, especialmente meninas vítimas de estupro em situação de vulnerabilidade social. O alerta é de movimentos sociais e instituições que repudiam a proposta de alteração do Código Penal Brasileiro.

Dia mundial do doador de sangue: o que é preciso para doar

Dia mundial do doador de sangue: o que é preciso para doar

Redação Cidade Capital
14/6/2024 9:31

A auxiliar administrativa Larissa Régis, de 24 anos, doou sangue pela primeira vez aos 18 anos. “Fui motivada pelo desejo de ajudar as pessoas e fazer a diferença na vida do próximo. A ideia de que uma simples ação poderia salvar vidas foi um grande incentivo para mim”, diz Larissa.

Desde então, a jovem faz pelo menos uma doação de sangue por ano e planeja se tornar uma doadora regular para ajudar a manter os estoques em dia. “Acho muito importante manter esse compromisso. A ideia de ter uma carteirinha de doador é algo que me atrai, já que facilita o acompanhamento e reforça minha responsabilidade com a causa”, explica.

Brasil

Brasileira Rayssa Leal vence etapa Xangai do Pré-Olímpico de Skate

Neste domingo (19), Rayssa Leal venceu a disputa de Xangai (China) do Pré-Olímpico de Skate, com 274,89 pontos.Neste domingo (19), Rayssa Leal venceu a disputa de Xangai (China) do Pré-Olímpico de Skate, com 274,89 pontos.
Julio Detefon
/

Neste domingo (19), Rayssa Leal venceu a disputa de Xangai (China) do Pré-Olímpico de Skate, com 274,89 pontos. A segunda colocada foi a japonesa Liz Akama. A terceira posição também ficou com uma atleta do Japão, Coco Yoshizawa.

“Estou muito feliz. Conquistei o primeiro lugar. Queria agradecer a todo mundo pela torcida. Muito obrigado a todo mundo que mandou energia positiva! Valeu para quem ficou de madrugada assistindo. E é isso. Só tenho a agradecer”, comemorou a maranhense de 16 anos.

Rayssa lidera o ranking de classificação. A próxima edição do Pré-Olímpico de Skate será disputada em junho, na Hungria.

Redação Cidade Capital
Última atualização
21/5/2024 11:09

Gravidez entre vítimas de estupro pode aumentar com PL do aborto

Redação Cidade Capital
14/6/2024 10:10

Entre 1º de janeiro e 13 de maio de 2024, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque 100). A média foi de cerca de 60 casos por dia ou dois registros por hora, segundo a Agência Brasil.

Esses números podem piorar com a aprovação do Projeto de Lei 1.904/2024 e também aumentar os casos de gravidez indesejável entre crianças e adolescentes, especialmente meninas vítimas de estupro em situação de vulnerabilidade social. O alerta é de movimentos sociais e instituições que repudiam a proposta de alteração do Código Penal Brasileiro.

Dia mundial do doador de sangue: o que é preciso para doar

Redação Cidade Capital
14/6/2024 9:31

A auxiliar administrativa Larissa Régis, de 24 anos, doou sangue pela primeira vez aos 18 anos. “Fui motivada pelo desejo de ajudar as pessoas e fazer a diferença na vida do próximo. A ideia de que uma simples ação poderia salvar vidas foi um grande incentivo para mim”, diz Larissa.

Desde então, a jovem faz pelo menos uma doação de sangue por ano e planeja se tornar uma doadora regular para ajudar a manter os estoques em dia. “Acho muito importante manter esse compromisso. A ideia de ter uma carteirinha de doador é algo que me atrai, já que facilita o acompanhamento e reforça minha responsabilidade com a causa”, explica.